Sign with me

Categoria: Campanhas e Movimentos
País: Romênia
Línguas: RomenoInglês e Limbajul Mimico-Gestual Românesc (Língua de Sinais Romena)

Produzido em abril de 2014 durante o encontro Include us – Employ us (Inclua-nos – Empregue-nos), na cidade de Cristuru Secuiesc (Romênia), o videoclipe “Sign with me” promove o uso das línguas de sinais e os direitos das pessoas surdas. A música é cantada/sinalizada por jovens surdos e ouvintes de diferentes países da Europa, como Armênia, Croácia, Estônia, Hungria, Itália, Romênia, Espanha e Ucrânia e diz, em tradução livre: “Eu sou você, você é eu / somos todos humanos, você e eu / Eu preciso de amor e o amor precisa de mim, tudo o que precisamos são sinais para nos comunicar / Venha comigo aprender os sinais, para estar mais perto do sol / Levante as mãos e fale comigo, eu te sinto e você me sente / Tudo o que dizemos com gestos silenciosos é parte de nossa cultura / O som é bom, mas sinalizar é melhor, vamos todos sinalizar e dançar juntos / Vivemos no mesmo lugar, mas em mundos diferentes / Ouvimos com os olhos, falamos com as mãos / Temos os mesmos problemas, mas por diferentes razões / Temos que trabalhar juntos para acharmos as melhores soluções / Eu posso trabalhar, você pode trabalhar, podemos trabalhar juntos e fazermos o nosso mundo melhor // Sinalize comigo! // O mundo mudou, a tecnologia nos venceu / Máquinas fazem o que pessoas surdas poderiam fazer / Somos fortes o suficiente para quebrarmos o muro entre nós?”. 

   

   

J’aime / J’aime pas

Categoria: Campanhas e Movimentos
País: França
Línguas: Francês e Langue des Signes Française (LSF), legendas ocultas em Portuguêssaiba mais
Site oficial: http://sign-events.net

Para alguns talvez pareça inusitado; para outros, despropositado. Fato é que, para divulgar a Língua de Sinais Francesa (LSF), a empresa parisiense Sign Events usou no vídeo “J’aime / J’aime pas” (“gosto / não gosto”) recursos como a música e a dança. No clipe, o grupo ensina como sinalizar várias expressões, incentivando o aprendizado da língua de sinais: “sinalizar bom dia é muito fácil / sinalizar obrigado não é difícil / você quer aprender a língua de sinais? então ouça atentamente as instruções…”, diz a animada música, que conta com uma coreografia própria. Uma campanha, no mínimo, diferente. As legendas do vídeo podem ser traduzidas para o Português (saiba como aqui).

 

 

8 de março – 8 mulheres

Categoria: Campanhas e Movimentos
País: Brasil
Línguas: Português e Língua de Sinais Brasileira (Libras/LSB)

Oito mulheres – de diferentes raças/etnias, profissões, orientações sexuais, classes sociais etc. – falam sobre si, neste belo vídeo produzido para celebrar o Dia Internacional da Mulher. Todas elas, surdas, permeiam os seus discursos com o orgulho de ser Surdas. “8 mulheres. 8 de março. Refletir. Empoderar. Libertar. Mulheres Surdas sobre si. Dando o lugar de fala pra quem tem que falar”.

 

 

O casal silencioso

Categoria: Campanhas e Movimentos
País: Índia
Línguas: Hindi, Inglês e Indian Sign Language (ISL) – legendas em Português

A cada ano, milhões de mulheres são diagnosticadas com câncer de mama em todo o mundo. Para preveni-lo, recomenda-se realizar – constantemente – um autoexame: “o autoexame da mama deve ser realizado uma vez por mês, todos os meses, 3 a 5 dias depois da menstruação chegar por todas as mulheres em fase reprodutiva, especialmente aquelas que têm casos de câncer de mama na família. (…) Se durante o autoexame da mama a mulher perceber a presença de um nódulo duro, que se move ou não ao ser pressionado, notar que as mamas estão diferentes, quentes ou se sair alguma secreção pelos mamilos, deve marcar com urgência uma consulta com um mastologista, para ele averiguar a situação” (retirado de tuasaude.com). Na Índia, uma campanha promovida pela Philips estimula os maridos a incentivarem suas esposas a realizarem o autoexame, ocupando-os também das tarefas domésticas. No vídeo “O casal silencioso”, que compõe a campanha, um homem surdo aparece cumprindo as funções “de sua mulher” (assumindo o preparo do jantar), pedindo a ela que – nesse tempo “livre” – se preocupe com a prevenção ao câncer

 

 

Libras no Detran

Categoria: Campanhas e Movimentos
País: Brasil
Línguas: Português e Língua de Sinais Brasileira (Libras/LSB)
Site oficial: http://www.facebook.com/librasnodetran

Em 2014, uma campanha promovida por surdos e ouvintes de diferentes estados ganhou as redes sociais, chamando a atenção para a falta de acessibilidade nos processos de avaliação do Detran (órgãos estaduais responsáveis pela formação e fiscalização de condutores). Para conseguir a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), o futuro motorista precisa passar uma bateria de exames – médicos, psicológicos, teóricos e práticos – que raramente contam com intérpretes de Libras, o que prejudica sobremaneira os candidatos surdos. Além disso, muitos dos que têm a língua de sinais como língua materna (primeira língua) são obrigados a realizar a prova em língua portuguesa (para esses, segunda língua). Diante tamanho descaso, militantes, professores, intérpretes, pesquisadores e outros tantos profissionais que participam das comunidades surdas começaram a partilhar fotos com os dizeres “Detran sem Libras = Surdos sem acessibilidade”, exigindo direitos e (re)acendendo a discussão sobre o assunto. A campanha, iniciada pelo intérprete e professor Alexandre Elias, de Sorocaba, chegou a reverberar entre celebridades (como Regina Duarte, Glória Menezes, Sabrina Sato, Ronnie Von, etc., fotografadas por Ivy Farias), dando ainda mais força à causa.

 
Libras no Detran