Ron Tan

Categoria: Músicas por Surdos
País: Singapura
Línguas: Inglês e Signing Exact English (SEE2) / Singaporean Sign Language

Ron Tan, um cingapuriano de 24 anos, tornou realidade aquilo que muitos lhe diziam ser improvável: mesmo com mais de 80% de perda auditiva, o jovem aprendeu (aos 17) a tocar piano e poucos anos depois já se apresentava em diversos eventos. Com a ajuda de seu aparelho auditivo, Ron consegue ouvir parte das notas tocadas (para as mais agudas, no entanto, ele depende do feedback de pessoas próximas) e, graças a isso, conseguiu dar os primeiros passos no mundo da música por conta própria, desbravando-o como um apaixonado autodidata. Para partilhar seu gosto e aproximar pessoas com deficiência ao fazer musical, Ron Tan fundou – em parceria com seu colega Muhammad Danial – a Inclusive Arts Movement (conheça aqui). Para assistir a vídeos sobre o músico, clique aqui e aqui.

 
Ron Tan
 

Banda Ab’surdos

Categoria: Músicas por surdos
País: Brasil
Línguas: Português e Língua de Sinais Brasileira (Libras/LSB)

Criada pela musicista surda Sarita Araujo, a banda Ab’surdos reúne estudantes surdos e ouvintes do Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli (Uberlândia – MG). Entre instrumentos de percussão, guitarras, teclados e contrabaixos, o canto (em voz e em língua de sinais) segue a toada de ritmos como pop, rock, xote, mambo, etc. No conservatório, alunos surdos e ouvintes participam – ativamente – de uma grade curricular comum, formada por aulas como musicalização, multimeios, desenho, dança, canto coral, entre outras. “A finalidade não é só a interação social do surdo e a inclusão escolar, é também a formação profissional desses alunos”, afirma Maria do Carmo de Oliveira Almeida, vice-diretora da instituição (fonte: Agência Minas). O grupo, que já tem dois DVDs gravados, realiza apresentações no triângulo mineiro e em outras regiões do país – para acompanhá-lo no Facebook, clique aqui; para assistir a um vídeo sobre a trajetória de Sarita Araujo, fundadora e diretora geral da Banda Ab’surdos, clique aqui.

 

 

Vaughn Brown

Categoria: Músicas por Surdos
País: Estados Unidos
Línguas: Inglês e American Sign Language (ASL)

Vaughn Brown, 27, surdocego desde pequenino, diz ao jornal The Columbian: “pergunte a si mesmo: esses obstáculos físicos estão mesmo lhe restringindo, ou são suas atitudes que lhe restringem? Não é sobre o que não pode fazer, é sobre o que pode!”. Levando a frase a efeito, Brown licenciou-se em música pela Berklee College of Music e hoje, além de percussionista, é educador musical em Vancouver (Washington, Estados Unidos). Em sua trajetória escolar, frequentou a Tucker-Maxon School (uma escola para surdos de cariz oralista) e a Washington State School for the Blind (escola para cegos), onde iniciou seus estudos de música por meio da musicografia Braille (hoje, Brown utiliza leitores de tela e programas como o Sibelius Speaking para ler e escrever notações musicais) – dois implantes cocleares também o auxiliam em suas empreitadas pelo mundo sonoro. Entre suas influências, destacam-se o grupo de jazz-fusion Pat Metheny Group e a percussionista surda britânica Evelyn Glennie (saiba mais), para quem já teve a oportunidade de tocar quando ainda era estudante (fonte: The Columbian). Abaixo, vídeo mostra Vaughn Brown ensinando bateria à sua aluna, Leilani Towner.

 

 

Ruth Montgomery

Categoria: Músicas por Surdos
País: Reino Unido
Línguas: Inglês e British Sign Language (BSL)
Site oficial: http://www.ruthmontgomery.co.uk

Nascida em família de músicos, a inglesa Ruth Montgomery estuda flauta desde os oito anos, quando ainda frequentava o ensino fundamental. Licenciada em Flauta pela Royal Welsh College of Music and Drama, a musicista já se apresentou ao lado de grandes orquestras (como a Orquestra Filarmônica de Londres e a Orquestra Nacional Russa), além de ter ministrado cursos e workshops – para crianças e adultos – em diferentes cidades da Europa. Essa breve descrição biográfica pareceria corriqueira, não fosse o fato de Ruth ser surda desde o nascimento. Entre ritmos e melodias, a flautista desfaz o senso comum de que música é uma arte improvável (se não impossível) para pessoas surdas, encantando muitos com suas performances e composições. Clique aqui para assistir a um vídeo de Ruth Montgomery tocando em dueto com Evelyn Glennie, outra musicista surda. Abaixo, “Silent Night” (“Noite Feliz”) é tocada por Ruth e seu pai, Roger Montgomery – com interpretação em BSL feita por Nadia Nadarajah, atriz surda.

 

 

Evelyn Glennie

Categoria: Músicas por Surdos
País: Reino Unido
Línguas: Inglês
Site oficial: http://www.evelyn.co.uk

Uma das mais prestigiadas percussionistas contemporâneas, a escocesa Evelyn Glennie não faz da surdez uma bandeira para o seu trabalho. Arredia a discursos de “superação” e a públicos afoitos por conferir um “milagre”, Glennie declarou em 1993, em um texto intitulado “Hearing Issay”: “eu espero que a audiência seja estimulada pelo o que tenho a dizer (por meio da linguagem da música) e saia da sala de concertos sentindo-se entretida. Se, ao contrário, o público estiver apenas intrigado em como uma musicista surda consegue tocar percussão, eu então falhei em minha missão” (leia o texto na íntegra, em Inglês, clique aqui). Famosa por tocar com os pés descalços (para melhor sentir as vibrações), a percussionista, que já se apresentou em diversos países do mundo, também atuou ao lado de Björk (ouça aqui), Bobby McFerrin, Steve Hackett, entre outros. Para assistir ao filme “Touch the sound”, com Evelyn Glennie, clique aqui.