Interpretação duvidosa – 2016

Categoria: Outros
País: Brasil
Línguas: Português e Língua de Sinais Brasileira (Libras/LSB)

No final de 2013, o falso intérprete Thamsanqa Jantjie gerou enorme polêmica com sua tradução fraudulenta na cerimônia fúnebre do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela (saiba mais aqui). Agora, quase três anos depois, a cena se repete em território brasileiro. Dessa vez, o alvoroço surgiu de uma propaganda eleitoral exibida nas redes sociais pelo candidato à prefeitura de Itabuna (BA), Geraldo Simões. No vídeo, uma mulher aparece em uma janela de “Libras” fazendo uma tradução que para muitos conhecedores das línguas de sinais soa falsa – com gestos inventados, nonsenses e aleatórios, muito distantes da Língua Brasileira de Sinais. Além dos milhares de protestos e críticas pela internet, que apontam a farsa na tradução, foram lançados manifestos e moções de repúdio, como a do líder surdo baiano Magno Prates (clique aqui para ver o vídeo). O vídeo original da campanha de Geraldo Simões, compartilhado no Facebook, pode ser visto aqui.

 
Campanha Geraldo Simões