Alone (Sozinho)

Categoria: Poesia em Língua de Sinais
País: Estados Unidos
Poema: “Alone” (“Sozinho”)
Línguas: Inglês e American Sign Language (ASL), legendas ocultas em Português (saiba como ativá-las)

O medo, a solidão, os tempos que parecem frios e sombrios: nada disso resiste ao amor, que sorrateiro surge e aquece o coração. Sinalizado em American Sign Language (ASL), o poema gestual “Alone” (“Sozinho”), de Daniel Durant, ator surdo estadunidense, faz brilhar o sol dentro de cada um. O vídeo conta com legendas que podem ser traduzidas para o Português – ative-as e saiba mais.