TradeBlock Cafe

Categoria: Bares e Restaurantes
País: Austrália
Línguas: Inglês e Australian Sign Language (Auslan)
Site oficial: http://www.vcd.vic.edu.au

Em Melbourne, Austrália, uma cafeteria surda é operada por jovens surdos e com deficiência auditiva e, em poucos anos, já se tornou um movimentado ponto de encontro das comunidades surdas da região. Mantido pela Victorian College for the Deaf (VCD), uma das mais tradicionais escolas bilíngues para surdos do país, o TradeBlock Cafe conta com funcionários (atendentes, baristas, cozinheiros e confeiteiros) participantes do Victorian Certificate of Applied Learning, um programa de formação profissional dirigido a alunos surdos dos 11º e 12º anos da VCD. No estabelecimento, a Auslan (Australian Sign Language) firma-se como língua preponderante e, para o público não usuário das línguas gestuais, um aplicativo gratuito – disponível no iTunes (clique aqui para conhecê-lo) – ensina dezenas de sinais relacionados aos alimentos e bebidas oferecidas no Café. “A língua não é uma barreira aqui, essa tecnologia permite que pessoas ouvintes se comuniquem facilmente com os surdos”, diz Amanda Joyce, gerente do TradeBlock Cafe e professora da VCD (fonte: BeanScene Magazine). A iniciativa (que teve como inspiração o restaurante Lac Thien, visitado por Amanda em uma viagem ao Vietnã), não só capacita dezenas de jovens e dá à cidade um novo bar/café de qualidade como fomenta um novo espaço de trocas entre surdos e ouvintes, conhecedores ou não das línguas de sinais. Abaixo, vídeo sobre o local (para acompanhar o Café no Facebook, clique aqui).