Harry R. Williams

As obras De’VIA do artista plástico estadunidense Harry R. Williams (1948-1991) popularizaram-se, para além de telas e exposições, em cartões que celebram, principalmente, as experiências surdas.

Nascido em Columbus – Ohio, Williams, surdo desde a infância, “começou a desenhar aos quatro anos de idade como um meio de se comunicar com os seus pais” (retirado do site Handspeak, tradução nossa). Após cursar a Escola para Surdos da Califórnia (California School for the Deaf), licenciou-se em Artes Plásticas pela Gallaudet University, em Washington, onde ganhou notoriedade no Deaf Art Movement.

Muitas de suas obras retratam olhos, bocas, mãos e orelhas, em cores vibrantes, como forma de expressar suas experiências surdas. Seu trabalho, em boa parte influenciado pelo movimento surrealista, foi exibido em uma série de galerias e festivais, como o International Deaf Cultural Arts Academy, em Estocolmo; Newport Beach Art Festival; Deaf Artists’ Exhibit, em Boston; etc. (fonte: DeafArt).

O seu legado, hoje, enriquece em muito o que é chamado de Arte Surda, e seu nome reverbera entre os mais proeminentes artistas De’Via (embora sua produção anteceda a criação desse termo) do século XX.

Além da tela abaixo, clique aqui para ver outras obras do artista.

  

 


Categoria: Artes Plásticas
País: Estados Unidos
Línguas: Inglês e American Sign Language (ASL)


 
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s