Jamaica Deaf Village

Categoria: Espaços Surdos
País: Jamaica
Línguas: Inglês e Jamaican Sign Language (JSL)
Site oficial: http://www.cccdjamaica.org

Fundado em 1958 por três missionários norte-americanos (Reverendo Willis Ethridge e sua mulher, Mildred, ouvintes canadenses, e Paula Montgomery, estadunidense surda), o Caribbean Christian Centre for the Deaf – CCCD mantém, na Jamaica, um largo projeto assistencial direcionado para o povo surdo. Além de três centros de educação para surdos (os campi de Knockpatrick, Montego Bay e Kingston) a organização cristã é responsável pela Jamaica Deaf Village, uma fazenda de aproximadamente 40,5 hectares no centro da ilha, onde hoje existem blocos de dormitórios, unidades de trabalho (em que se produzem ovos, mel, vegetais, etc.) e uma igreja. Além dessas edificações, os planos para a vila incluem casas para famílias, apartamentos, centro comercial, posto de atendimento, centro médico, espaços de formação e de recreação, escola e um centro de convenções e retiro. Todo esse empreendimento, que depende – em grande medida – do esforço de voluntários e de doações de todo o mundo, é dedicado a crianças, jovens e adultos surdos. Um lugar em que os surdos podem partilhar uma língua, dedicar-se a trabalhos significativos, contar com uma igreja para eles próprios, constituir famílias e se articular com outros surdos (fonte: CCCD). Para assistir a um vídeo sobre o local, clique aqui. (Nota: empoderamento, asilamento, segregação, “inclusão”? Fica em aberto a discussão).

 

Jamaica Deaf Village